segunda-feira, 6 de março de 2017

Tipo mais brando do autismo afeta interação social e coordenação

Síndrome pode ser tratada de forma observacional, sem medicamentos; acompanhamento de psicólogo, fono e fisioterapeuta pode favorecer paciente

“A falta de informação foi o que mais nos fez sofrer. Mas, com o tempo e a ajuda necessários, conseguimos enxergar que eles conseguem superar os obstáculos. O segredo é não cruzar os braços, seguir o coração e confiar”. Essas são palavras de Cíntia Prata, mãe de dois jovens com síndrome de Asperger, considerada um tipo mais brando do autismo, que afeta uma a cada 250 crianças nascidas.

Os filhos, um de 22 anos e outro de 12, tiveram acompanhamento desde o início do diagnóstico, o que foi fundamental para que tivessem uma qualidade de vida maior. O mais velho está cursando medicina desde 2014 – ele mesmo dirige o carro da família até a faculdade –, e o caçula estuda no oitavo ano do ensino fundamental.

As pessoas que têm a síndrome, descoberta em 1944 pelo pediatra austríaco Hans Asperger, apresentam o desenvolvimento cognitivo e de linguagem de forma normal, mas demonstram comprometimento na comunicação, na interação social e na coordenação motora.

Assim como acontece com outros espectros do autismo, a causa do problema é desconhecida. Porém, alguns fatores ambientais e físicos podem contribuir para o desenvolvimento, como a exposição a substâncias tóxicas, problemas com a gravidez ou o parto e infecções pré-natais.

Segundo Arthur Kummer, neuropsiquiatra da Faculdade de Medicina da UFMG, a síndrome pode ser tratada, e os resultados podem ser bastante positivos. Quanto mais leve, maior a chance de se obter controle.

O especialista revela que o tratamento é totalmente observacional, não dependendo do uso de medicamentos. “O diagnóstico desenvolvimental se baseia na observação do comportamento da criança, levando em consideração os pontos em que ela apresenta dificuldades de desenvolvimento, principalmente o sociocomunicativo. Dependendo das limitações, o tratamento consistirá no treinamento dessas habilidades sociais. Um bom exemplo é uma criança de 6 anos que não tem facilidade de interagir com outras. Ali, trabalharemos ações que promovam a melhora desse ponto, e assim por diante”, explica.

Além do tratamento psiquiátrico, o paciente pode ter acompanhamento de outras especialidades, como psicologia, fonoaudiologia e fisioterapia. A psicóloga clínica e doutora em psicologia do desenvolvimento pela UFMG Aline Abreu e Andrade reforça a importância do aspecto cognitivo – processo pelo qual os indivíduos adquirem conhecimento sobre o mundo ao longo da vida – nesses casos.

“Podemos apontar o treinamento de habilidades sociais, momentos em que o paciente vai aprender formas de interagir socialmente com as pessoas, geralmente realizado em duplas ou grupos de pacientes com o mesmo diagnóstico, e o treino de solução de problemas – uma vez que as pessoas que têm a síndrome costumam ser muito rígidos quando têm um imprevisto, e a tendência é se desorganizarem”, afirma Aline.

Diagnóstico. O diagnóstico da síndrome de Asperger só pode ser realizado por um especialista da área médica, mas a atuação dos pais é fundamental. “Os pais precisam ficar vigilantes em relação a qualquer dificuldade que o filho, principalmente acima de 2 anos, possa ter para interagir com as outras pessoas, seja a falta de um contato direto no olhar ou a falta de interesse em assuntos alheios, além de uma obsessão por algo ou objeto determinado. Caso isso ocorra, a primeira providência é procurar o pediatra, que saberá como proceder”, aponta Kummer.
Remédio. O uso de medicamentos por pessoas coma síndrome só acontece quando outra desordem psicológica surge a partir da presença do transtorno, como depressão, síndrome do pânico e crises de ansiedade.

É hora de financiar a casa própria?

Para quem sonha com o imóvel próprio, mas não tem tanta pressa e confiança para contrair um financiamento de imediato, a recomendação dos especialistas é de que espere mais alguns meses. Com a tendência de queda na taxa básica de juros, a Selic (Sistema Especial de Liquidação e de Custódia), a probabilidade é de que os juros do crédito imobiliário sejam reduzidos quase na mesma proporção, o que pode facilitar a vida de quem pretende financiar a casa própria no segundo semestre.
Em 22 de fevereiro, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) anunciou o quarto corte seguido na taxa, em 0,75 ponto percentual (de 13% ao ano para 12,25% ao ano). Na ocasião, o órgão indicou que, diante da recessão econômica e da expectativa de queda da inflação, pode realizar novos cortes nos próximos meses – ainda maiores do que o 0,75 ponto percentual da última reunião.
O consultor financeiro pessoal Rodrigo Leone, da Gestor Finanças Pessoais, acredita que, como consequência da variação da Selic, os juros para o financiamento imobiliário possam cair até dois pontos percentuais nos próximos meses, de cerca de 9% para 7% ao ano (incluindo seguros e taxas administrativas). Nessa hipótese, o financiamento de um imóvel usado de R$ 100 mil (com entrada de 20%) sairia 12,78% mais barato (veja simulação abaixo).
Pesquisa e barganha
No entanto, se a decisão for apenas tentar ganhar dinheiro com aplicações enquanto se aguarda a queda da Selic e dos juros imobiliários, esperar não faz muito sentido, porque, neste caso, o comprador pode deixar escapar a casa dos sonhos ou uma proposta imperdível. Ao mesmo tempo, assim como os juros imobiliários cairiam em razão da Selic, os ganhos com a aplicação reduziriam na mesma medida.
– Quem está vendendo imóvel tem de correr atrás e oferecer preço em função da pressa. Quem está comprando, se não tem pressa, tem uma vantagem gigante. É o dono da bola. No caso, ter prazo é mais importante para poder pesquisar, procurar boas oportunidades de negócios e buscar o imóvel de acordo com as suas necessidades – afirma Leone.

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Tratamento para Hepatite C tem primeiro remédio via oral aprovado pela Anvisa


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o primeiro medicamento administrado via oral para tratar a hepatite C. A agência irá anunciar ainda nesta semana a aprovação e, logo em seguida, o Ministério da Saúde deve incorporá-lo ao SUS.

Atualmente, os medicamentos utilizados no tratamento são injetáveis, possuindo diversos efeitos colaterais e a duração do tratamento dura nove meses. Com o novo remédio via oral, os porcentuais de cura são maiores, existem menos efeitos colaterais e o tempo de tratamento dura apenas três meses.

Petrobras encontra óleo de excelente qualidade na bacia do pós-sal no Estado do Espírito Santo, no mar, a 121 km da capital Vitória

 


PETROA Petrobras informou nesta segunda-feira que concluiu a perfuração de um poço na bacia do Espírito Santo informalmente conhecido como Pudim, com óleo de excelente qualidade. Segundo a empresa, a descoberta, no pós-sal, foi comprovada por meio da análise de dados de reservatórios numa profundidade de cerca de 4,3 mil metros. A perfuração foi finalizada na profundidade de 4.670 metros.
‘Posteriormente foi realizado um teste de formação a poço revestido no intervalo 4.305 a 4.383 metros que confirmou a presença de óleo leve de aproximadamente 35° API’, afirmou a Petrobras em comunicado. O poço está localizado a 121 quilômetros da capital Vitória.
A Petrobras é a operadora com 65 por cento do consórcio para explorar a bacia, em parceria com a PTTEP Brasil Investimentos em Exploração e Produção de Petróleo e Gás, com 20 por cento, e Inpex Petróleo Santos, com 15 por cento.(Da Agência Reuters – Aluisio Alves)

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

DETRAN divulga datas de pagamentos do IPVA



A PrefeituraA Secretaria da Fazenda do Governo de Pernambuco divulgou nesta terça-feira (30) as datas para pagamento do IPVA 2015. O pagamento pode ser feito em cota única com 5% de desconto ou através de três parcelas que devem ser quitadas até o mês de maio. O valor mínimo do IPVA é de R$ 38,37 para motos e de R$ 63,95 para os demais transportes.
O Documento de Arrecadação Estadual (DAE) com as três parcelas será enviado para a residência dos contribuintes para evitar o pagamento em duplicidade. Quem optar pela cota única pode gerar o documento no site do Detran.
tabela-ipva
Imagem Divulgação
As primeiras parcelas do IPVA devem ser pagas até o dia 5 de março para veículos com placas terminadas em 1 e 2; até o dia 10 de março para os carros que tenham placas concluídas em 3 ou 4; no dia 16 do mesmo mês para aqueles com final em 5 e 6.
Os motoristas de veículos com placas terminadas em 7 e 8 devem pagar a primeira parcela até 20 de março. Já o primeiro pagamento dos carros cujas placas acabem em 9 e 0 deve ser efetuado até o dia 25 do mesmo mês.
Segundo o Governo do Estado, existem 2,5 milhões de veículos cadastrados no Detran de Pernambuco, dos quais 2,2 milhões são tributáveis pelo IPVA.
com informações da Assessoria.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

(Foto: Reprodução / TV Anhanguera)(Foto: Reprodução / TV Anhanguera)
Detentos da Casa de Prisão Provisória (CPP) de Rio Verde, em Goiás, foram vistos em uma foto 

Detentos posam para foto bebendo uísque dentro de cela em Goiás

promovendo uma festa dentro da cela. Na imagem, os presos mostram cigarros e garrafas de uísque. 

A administração do casa de detenção realizou uma varredura nas celas após a divulgação da foto. Foram encontrados celulares, DVDs, videogames e até uma churrasqueira. 

Os homens que aparecem na foto cumprem pena por furto, roubo, homicídio e tráfico de drogas. Todos irão receber medidas disciplinares, de acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária e Justiça (Sapejus). 

Outros três agentes penitenciários foram afastados até que a investigação sobre o caso seja encerrada. Autoridades suspeitam que os três facilitaram a entrada de mercadorias proibidas nas celas. 

Além disso, foram suspensos os trabalhos de reeducação dos detentos na horta da penitenciária. A plantação é separada da rua apenas por uma tela e a direção acredita que os produtos possam entrar pelo local onde os legumes e verduras são comercializados. 

Denatran mostra novo modelo de placas veiculares    

Padrão deve ser adotado em carros novos a partir de 1º de janeiro de 2016  

Novo padrão de placas serão implementado em 2016

 Bandeiras da instituição sul-americana, do País, do Estado e do município onde o veículo foi emplacado são outras novidades. . “Os diversos elementos de segurança visam coibir as possíveis clonagens de veículos. A grande vantagem das mudanças é para o cidadão”, assegurou o coordenador-geral de Informatização e Estatística do Denatran, Rone Evaldo Barbosa.O Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) divulgou nesta quinta-feira (4) modelo oficial das placas veiculares que serão implementadas no Brasil a partir de janeiro de 2016. Borda azul no topo, quatro letras e três números são as novidades baseadas em padrão a ser seguido por todos os membros do Mercosul (Argentina, Paraguai, Uruguai e Venezuela).
Outros itens presentes na nova placa são linhas onduladas horizontais, marcas d’água com o logo do Mercosul além de um Código QR, uma etiqueta que pode ser lida por celulares por meio da câmera fotográfica, que pode oferecer diversas informações sobre o veículo.
A nova placa tem as mesmas medidas da utilizada atualmente, de 40 centímetros de comprimento por 13 cm de largura. Outra novidade é que não existe uma ordem determinada para a distribuição dos números e letras que podem ser escritos aleatoriamente. Desta forma são possíveis mais de 450 milhões de combinações diferentes.
As categorias dos veículos também serão divididas por cores: convencional (branca), particular (preta), comercial/aprendizagem (vermelha), oficial (azul), experiência (verde), diplomático (dourado) e colecionador (prateado).
O novo modelo de placas será obrigatório para todos os veículos novo emplacados a partir de 1º de janeiro de 2016. Não serão feitas trocas dos veículos já emplacados a não ser que haja mudança de município.
As motos também utilizarão a placa com novo formato